segunda-feira, 19 de novembro de 2012

VIII Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária – Brasil Rural Contemporâneo 2012


Desde 2004, diversidade, produtividade e pluralidade do meio rural se materializam na Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária – Brasil Rural Contemporâneo. Em sua oitava edição, o evento retorna a Cidade Maravilhosa a pedido dos próprios agricultores. De acordo com o coordenador-geral da Feira, Arnoldo de Campos, o motivo é o fato da capital fluminense ser um local de grandes negócios, onde é possível levar os produtos da agricultura familiar para o urbano. “A cidade é muito importante e acolheu muito bem a feira e a agricultura familiar. É uma oportunidade de mostrar o crescimento econômico, a sustentabilidade”, aponta.

Em todas as edições o objetivo foi à divulgação, a promoção e a comercialização de produtos oriundos da Agricultura Familiar e da Reforma Agrária, beneficiários das políticas públicas do Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA. 

Diante dos bons resultados do evento, o MDA está organizando a 8ª Edição da Feira Nacional de Agricultura Familiar e Reforma Agrária – Brasil Rural Contemporâneo, prevista para acontecer no período de 21 a 25 de novembro de 2012, na cidade do Rio de Janeiro, na Marina da Glória.  A questão do desenvolvimento com sustentabilidade sempre esteve presente na política de desenvolvimento da agriculta familiar.
  
Este ano serão 650 empreendimentos expondo sons, cores e sabores da agricultura familiar durante cinco dias, em 40 mil m². A área coberta contará com dez espaços temáticos – Praça da Sociobiodiversidade, Talentos do Brasil, Praça da Cachaça, Organização Produtiva das Mulheres Rurais, Praça dos Povos e Comunidades Tradicionais, Praça dos Orgânicos, Casa do Queijo e Casa do Incra - compostos por estandes coletivos que reunirão 15 empreendimentos. Na área construída ficará o Espaço do Ministério do Desenvolvimento Agrário, o Espaço Brincante, o Espaço de Redes de Empreendimentos Familiares, Estandes Coletivos e Espaços Gastronômicos.

A variedade de ritmos e manifestações artísticas será mostrada nos palcos do Brasil Rural Contemporâneo para difundir a diversidade do país. Músicas de todas as regiões, interpretadas por grandes artistas que criam e valorizam as suas raízes culturais. Pelo Palco Multicultural passarão a paraense Gaby Amarantos, o baiano Tom Zé, os paulistas da trupe O Teatro Mágico, entre outros. No Tablado de Raiz, a genuína música brasileira poderá ser apreciada em shows como o do Projeto Ccoma (RS), da cantora, compositora e pesquisadora Marlui Miranda (CE) e muito mais.

Para maiores informações acesse: http://www.mda.gov.br/feira


0 comentários:

Postar um comentário