terça-feira, 23 de setembro de 2014

#viresuacidade: Vire sua Cidade

A Virada Sustentável 2014, que aconteceu entre os dias 28 e 31 de agosto em diversos pontos de São Paulo, contou com mais de 700 eventos e atrações. Música, arte, mobilização, debates, palestras, diálogos, oficinas, enfim, tudo do bom e do melhor para quem procura transformar, para quem já transforma e para quem busca transformação.

Autossustentável: Virada Sustentável 2014

Tive o privilégio de estar envolvido em dois eventos bastante especiais. O primeiro aconteceu na Escola São Paulo trazendo o tema “Sonho e Prática: como educar para estilos mais sustentáveis de vida?”

Em uma varanda mais que agradável, cercada por paus-ferro e cantos de cambacicas e sabiás, educadores, jornalistas, engenheiros, professores, pais, entre outros, trouxeram suas experiências, suas dúvidas e suas angústias na busca pela transformação do olhar e do pensar uma nova escola e uma nova forma de educar de maneira mais participativa e integrada.

Autossustentável: Roda de Conversa - Virada Sustentável 2014
Roda de Conversa “Sonho e Prática: como educar para estilos 
mais sustentáveis de vida?”. Fonte: Instituto Akatu.

A busca pelo equilíbrio entre o tradicional e o inovador surgiu por meio de diferentes depoimentos, permeados pelo desejo de uma escola viva, dinâmica e que deve valorizar a participação e a criação de uma visão mais complexa do mundo e seus processos. Reflexões vitais em um mundo em transição que se estenderam para todo e qualquer espaço que pode se tornar educador.

No segundo evento, tive uma participação mais ativa, afinal, fui um dos oficineiros. Em uma varanda da charmosa Biblioteca de São Paulo, localizada dentro do Parque da Juventude, ministrei a oficina “Construindo Escolas Sustentáveis (na prática)” com a colaboração da professora Daniela Coccaro, que também tem se dedicado à questão da sustentabilidade na escola.

Autossustentável: Construindo Escolas Sustentáveis - Virada Sustentável 2014
Oficina “Construindo Escolas Sustentáveis (na prática)”. 
Fonte: Arquivo Pessoal do Colunista Ed Grandisoli.

O grupo de participantes era também bastante eclético, formado por pedagogos, engenheiros ambientais, professores, empresários, entre outros. Desde o princípio os participantes mostraram grande conhecimento sobre sustentabilidade e, juntos, pudemos ampliar e trabalhar com o conceito por meio de diferentes pontos de vista, tendo a escola e a Educação como pontos centrais das ações de transformação na sociedade.

Apesar da excelente discussão no plano mais conceitual, o objetivo maior da oficina era construirmos juntos projetos em sustentabilidade para serem trabalhados na escola. Esse salto do mundo das ideias e das palavras para a ação me parece fundamental se queremos, de verdade, fazer diferente e fazer a diferença.

Autossustentável: Construindo Escolas Sustentáveis - Virada Sustentável 2014
Oficina “Construindo Escolas Sustentáveis (na prática)”. 
Fonte: Arquivo Pessoal do Colunista Ed Grandisoli.

A experiência não poderia ter sido mais desafiadora e prazerosa, e espero que os participantes tenham saído transformados e ainda mais mobilizados, como eu.

Participar é o primeiro passo para compreender. Compreender ativa (ou reativa) o olhar, a criticidade pró-ativa e os desejos de mudança frente aos desafios da sustentabilidade. Eventos como a Virada Sustentável que valorizam o “sair da zona de conforto” e a cocriação merecem todo crédito e espaço por aquilo que se propõem a fazer. Nas palavras dos próprios idealizadores, deseja-se “articular pessoas, grupos e instituições, públicas e privadas, que têm em comum o objetivo de melhorar a sociedade e o meio ambiente a partir de uma visão alegre e inspiradora da sustentabilidade.”

Autossustentável: Fora da Zona de Conforto

Agradeço de coração pela possibilidade de me juntar a essa turma e de conhecer pessoas que dividem valores tão importantes na busca pelo bem-estar e qualidade de vida de todos e todas. Ambas as atividades que tive o privilégio de participar contaram com a impecável participação e organização dos amigos do Instituto Akatu.

Deixo meu agradecimento especial à Ana Neca, Silvia Sá e Julia Affonso que abraçaram minha oficina com todo o carinho e também à querida Tereza Moreira pela valiosa participação na oficina. Desejo que essa seja a primeira de muitas que faremos juntos.

Você pode acessar muito do que aconteceu na Virada no site Virada Sustentável e utilizando a hashtag que dá nome a esse texto no Instagram e Facebook.

Virada Sustentável 2015, vamos nessa!


Clique aqui para ler outros artigos de Edson Grandisoli

0 comentários:

Postar um comentário