quarta-feira, 11 de março de 2015

Recicleta: a Fábrica Móvel de Reciclagem Quer Transformar seu Lixo em 'Moedas'

Autossustentável: Recicleta

O Brownie do Luiz é uma marca carioca que produz deliciosos brownies e ainda pensa numa saída criativa para o descarte da sua produção.

Seis jovens empresas do Rio de Janeiro que tem a sustentabilidade como princípio de vida se reuniram para fazer testes de reciclagem e criar uma solução inteligente para os resíduos gerados na produção do "Brownie do Luiz".

Anos atrás, quando o Luiz ainda produzia em casa, teve uma sacada genial para reaproveitar as latas de achocolatado que eram, inicialmente, descartadas em lixo doméstico e também aproveitar  os cortes das bordas dos bolos que sobravam da produção. Ele decidiu cortar as bordas em pequenos pedacinhos, como biscoitos, e vender dentro dessas latas, o que acabou batizando de 'O Veneno da Lata' e se tornou a marca registrada de seu negócio.

Autossustentável: Brownie do Luiz

Para dar o próximo passo e pensar numa solução para os resíduos produzidos, inclusive para as embalagens que vão embora com os clientes, o grupo chegou ao projeto da 'Recicleta'. A ideia é mostrar o real valor do lixo, tudo isso em uma caixa mágica transformadora de novas experiências. A Recicleta ainda não existe, e para que essa máquina de felicidade se torne real, os idealizadores do projeto pedem uma ajudinha financeira que foi cuidadosamente pensada, assim: 

Autossustentável: Recicleta

As embalagens que os clientes devolverem à loja serão colocadas na máquina, processadas, derretidas e transformadas numa moeda especial. O 'dinheiro' poderá ser trocado por experiências e produtos únicos, como os próprios brownies, aulas de ioga entre muitos outros.

Autossustentável: Recicleta


Nesse vídeo eles explicam com mais detalhes como funciona o projeto todo, olha só:

Recicleta: menos lixo, mais ideias from Brownie do Luiz on Vimeo.

O projeto está na reta final de captação no site Benfeitoria (www.benfeitoria.com/recicleta) e precisa da sua ajuda para sair do papel. Apoie! Só faltam 2 dias!


0 comentários:

Postar um comentário