quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Afinal, O Que é Essa Tal de Sustentabilidade?

Autossustentável: O que é Sustentabilidade?

Tradicionalmente, um conceito novo passa por três etapas: primeiro é rechaçada, depois combatida e, por fim, tido como óbvio. E assim passou nas últimas décadas, desde a Conferência de Estocolmo, a palavra sustentabilidade. 

A complexidade dos novos tempos, marcada pela velocidade dos fatos, transformou em poucos anos os “ecochatos” em gestores ambientais. A mudança é tão significativa que corporações e agentes públicos passaram a buscar o rótulo de sustentável como elemento qualitativo, mesmo que em alguns casos seja apenas “greenwashing”.

Autossustentável: Ampulheta

Mais do que conceito, a sustentabilidade é um novo valor capaz de contribuir para a superação da crise civilizatória que passa a sociedade do século XXI. Isso porque seus princípios e valores buscam resignificar a relação do homem com o meio ambiente em que está inserido através do respeito e cuidado. 

A proteção ambiental, porém, não esgota o sentido do termo. Falar em sustentabilidade envolve também discutir conceitos éticos, políticos, econômicos, sociais, culturais e, até mesmo, estéticos. Ora, a precária situação dos hospitais públicos pelo país é insustentável. Escola sem condições mínimas para a formação de nossas crianças é insustentável. A corrupção da arcaica e viciada estrutura política é insustentável. E por aí vai...



E retorno a pergunta: afinal, o que essa tal sustentabilidade? A aparente indefinição nos indica que ainda vivemos momento de transição em que cidades e soluções sustentáveis serão obviedades necessárias para dispor sobre a complexidade dos dias atuais.

“Não há nada tão poderoso como uma ideia cujo tempo chegou”, diria Victor Hugo. E o tempo está chegando ambientalmente mais verde e sustentável...

Clique aqui para ler mais artigos de Felipe Pires



0 comentários:

Postar um comentário