segunda-feira, 28 de maio de 2012

Ensine as crianças



Não demorar no banho, fechar a torneira ao escovar os dentes, não jogar lixo no chão… Quantas vezes ouvimos essas orientações ao longo da vida, especialmente na infância e na adolescência?

Mesmo antes do tema sustentabilidade se tornar central nos debates do século XXI, muitos de nós já éramos orientados a economizar água, preservar o meio ambiente e manter nossos espaços públicos limpos. Essa missão de educação ambiental era, na maioria das vezes, responsabilidade de nossos pais e educadores.

A formação de uma atitude ecológica em relação ao mundo não surge de um dia para o outro. Mas, quando crianças, estamos mais dispostos e abertos ao aprendizado de novas experiências. Por isso as palavras de nossas mães e professores se tornam tão importantes e permanecem na nossa memória mesmo depois que crescemos.

A conscientização ambiental faz parte do processo de formação da criança e do adolescente e se fortalece na medida em que eles encontram exemplos práticos e posturas conscientes naqueles com quem convivem. Por isso, não basta apenas dizer aos pequenos o que fazer. É preciso dar o exemplo.




0 comentários:

Postar um comentário